Skip to content

Christmas markets | Frankfurt, Germany

IMAG2397
É Natal, é Natal.. tudo bate o pé e as papilas gustativas. Boicote às dietas, às coisas baixas em calorias, ao glúten free e tudo o mais que restringe hidratos de carbono, fritos e açúcar refinado. Venham as filhoses, o tronco de Natal, as fatias douradas e todas as coisas boas que a época natalícia nos habituou. Há quatro anos que não passo uma quadra natalícia em casa, abraçar o mundo como profissão comporta custos altos, muitas vezes sem época de saldos. Mas este ano fui uma feliz contemplada com férias no Natal e comecei este mês de Dezembro da melhor maneira possível, com uma visita a Frankfurt e aos seus fantásticos Mercados de Natal.

Estes mercados são sinónimo de uma coisa: comer até não poder mais, especialmente quando estamos na Alemanha onde se encontram as melhores salsichas do mundo, uma variedade infinita de pretzels de diferentes tamanhos e coberturas e se aquece a alma e as mãos com canecas de Gluhwein, o vinho quente.

DSC07118
O vinho quente é uma bebida de inverno típica de vários países europeus: Alemanha, Suécia, Islândia, França, Suíça e Itália também. Depois de despejar o vinho numa panela ao lume, juntar um limão às rodelas, açúcar, paus de canela e cravinho. Deixar aquecer, sem ferver. Retirar do lume, deixar descansar 1 hora e voilá.. zumba na caneca!

DSC07120
Depois, é só deambular pelas barraquinhas e dar o estômago ao manifesto pelos prazeres da cozinha alemã. Deixo aquelas que mais me deixaram o paladar aos saltos. É favor BABAR!

Quando na Alemanha o assunto são salsichas não há como não parar neste grelhador circular suspenso de onde fumega todo um aparato de salsichas e carnes.


Optei pela “CurryWurst” – salsicha com tempero de caril, um molho de espessura média de sabor forte e agridoce. Depois de comer a salsicha há um papo seco para rapar o resto do molho da travessa de papel. Na culinária, tal como na natureza, nada se desperdiça..

IMAG2358
Este foi outro stand que me chamou a atenção. Aquilo que à partida pode parecer uma fartura são as famosas kartoffelpuffer – panquecas alemãs de batata. São uma espécie de ashbrown em forma de panqueca que é servida com molho de maçã ou, como se diz em alemão, apfelmus. Nhaaaami!

Kartoffelpuffer
E não há como não cair na tentação de comprar o tradicional pretzel. Com sal, sementes, açucar ou chocolate.. hmmm, qual vai ser??

Pretzels
Ora aqui encontramos a batata frita elevada ao seu expoente máximo do milagre da multiplicação. Confesso que nunca tinha visto tanto teor de gordura junto.. é que são resmas, paletes! Mais que as mães! Vamos lá adicionar mais tecido adiposo às pegas do amor com uma porção modesta destas batatas-fritas, falta só escolher o molho: ketchup, mayonese, mayonese com alho, mostarda ou vai tudo junto?French Fries
E claro, há que deixar um cantinho estomacal para a guloseima..

German Sweets
Estes doces em forma de cone chamam-se Mohrenkopf e são primos bastante chegados das nossas bombocas. Têm uma imensidão de coberturas pelo que reduzi as opções de escolha a chocolate de leite ou limão.. Sim, o chocolate de leite foi mesmo o vencedor!

German Sweets
Termina aqui a minha primeira aventura gastronómica pelos mercados de Natal em Frankfurt. Um bem haja à Sra. Merkel que, apesar de gostar de mandar umas postas de austeridade na economia de países alheios, as deixa fora do campo culinário do seu..

Vom Nikolaus!

IMAG2384 DSC07129 IMAG2375 DSC07117 DSC07125

Maria Bonifácio Lopes

Be First to Comment

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: